Crime aconteceu na segunda-feira (24) e foi registrado como feminicídio.

Caso foi registrado na delegacia de Cunha Reprodução/ Google Street View Um homem de 49 anos, suspeito de matar a esposa com golpes de enxada em Cunha (SP), se entregou à polícia na manhã desta quarta-feira (26).

Segundo a Polícia Civil, ele confessou o crime.

O caso foi registrado como feminicídio e ele estava foragido. Segundo a polícia, o homem foi visto na praça da cidade por moradores, que acionaram a PM.

Chegando ao local, a equipe abordou o suspeito em frente à porta da delegacia.

Ele disse que estava aguardando a delegacia ser aberta para se entregar.

O crime aconteceu na segunda-feira (24), por volta das 21h, na casa onde os dois moravam em Cunha.

De acordo com a polícia, o filho do casal estava no local, chegou a escutar um barulho e encontrou a mãe ferida e sem sinais de vida.

Ao filho, o homem ainda teria confessado o crime antes de fugir. A polícia foi acionada e apreendeu no local a enxada usada no crime.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que a prisão temporária foi solicitada e decretada pela Justiça e que as investigações prosseguem em inquérito policial. Ele foi levado para a cadeia de Aparecida.