Idosa teve tosse, febre e falta de ar; ela apresenta melhoras no quadro clínico.

O outro caso divulgado nesta quarta (3) é de uma mulher de 31 anos.

Uma idosa de 74 anos é um dos dois casos confirmados de coronavírus pela prefeitura de Três Marias (MG) nesta quarta-feira (3).

Ela apresentou tosse, febre e falta de ar.

A mulher permanece internada e apresenta melhoras no quadro clínico.

O diagnóstico dela foi feito pela Fundação Ezequiel Dias, em Belo Horizonte.

O outro caso também é de uma mulher de 31 anos, que foi submetida a teste rápido.

O exame confirmou que ela já teve contato com a doença.

Mesmo não apresentando sintomas, a secretaria de Saúde a orientou que ficasse em isolamento domiciliar.

Três Marias tem 208 casos notificados e cinco confirmados.

Quarenta e nove pessoas estão em isolamento domiciliar.

Casos anteriores No dia 1º de junho, a prefeitura divulgou que número de casos de Covid-19 subiu para três.

De acordo com a secretaria de Saúde do município, o paciente tem 51 anos e mora no estado do Rio de Janeiro, mas está na cidade há 30 dias.

O homem procurou atendimento médico no dia 13 de maio com dor de cabeça, dor abdominal e febre.

Desde então, foi mantido em quarentena e está sendo monitorado pela equipe de saúde do município.

Na última sexta-feira (29), foi feito um teste rápido e o resultado foi divulgado neste domingo (31).

De acordo com a secretaria de Saúde da cidade, ele não viajou recentemente e não soube informar se teve contato com algum caso positivo.

O paciente permanece isolado, sem sintomas, na casa de familiares, que também são monitorados pela equipe de saúde de Três Marias. No dia 14 de maio, a prefeitura divulgou o segundo caso.

Trata-se de um homem de 41 anos, que mora em Pernambuco e estava de passagem pela cidade.

Ele apresentou sintomas, foi atendido e monitorado pelo município.

O paciente não precisou ser hospitalizado e o diagnóstico foi por teste rápido. No dia 18 de abril, a prefeitura divulgou o primeiro caso, mas não forneceu outras informações.

Veja mais notícias da região em G1 Grande Minas.