Bitcoin ultrapassa máxima histórica, chega a 120 mil reais e confirma projeção de especialista.

Antônio Neto Ais, especialista em criptoativos,  já havia dito,  em 2017, que o BTC atingiria a marca dos 100 mil reais.

O Principal criptoativo do mundo, o Bitcoin atingiu no último fim de semana a maior alta registrada desde o início de sua criação em 2008. O Ativo atingiu o topo histórico de US$ 24.295,00 o equivalente a mais de 124 mil reais. A crescente valorização do BTC reforça o poder do mercado de criptoativos que cresceu consideravelmente nos últimos anos, movimentando atualmente mais de 5 trilhões de reais diariamente, de acordo com dados do site de movimentação de mercado Coinmarketcap.

Para os entusiastas do mercado cripto essa alta do bitcoin não é nenhuma surpresa, o especialista em criptoativos e CEO da  Braiscompany,  a maior empresa de gestão de ativos digitais da América Latina, Antônio Neto Ais já havia previsto, desde 2017 a chegada do bitcoin a  100 mil reais. “Tenho certeza absoluta que nos próximos meses o Bitcoin estará chegando a 100 mil reais, sem sombra de dúvida. A teoria máxima que eu tenho, é que o Bitcoin é uma moeda que chegará a valer um milhão nos próximos anos, baseado numa questão lógica, matemática, de criação da moeda e do volume da qual foi criada, 21 milhões de unidades para o mundo inteiro. O mercado ainda nem começou”, disse Antônio Neto Ais em entrevista ao portal Globalcripto.

Imagem: O Bitcoin atingiu  sua máxima histórica de 24.295 mil dólares às 17h de 20 de dezembro de 2020.

O ano de  2020 foi intenso para o BTC, o ativo teve seus momentos de baixa no início do ano chegando a mínima de U$ 3.782 no mês de março até chegar ao seu topo histórico no último domingo (20). Apesar de já ter mostrado suas tendências de alta e de baixa, alguns analistas do mercado tradicional duvidavam que ele pudesse ultrapassar a máxima histórica de 2017 de 20 mil dólares e o ativo não só chegou como ultrapassou essa linha.

E as projeções para o próximo ano em relação ao BTC continuam positivas, grandes analistas projetam ainda mais valorização do ativo, como André Franco, analista, sócio e diretor do Centro de Análise e Pesquisa de Criptomoedas da Empiricus (CAPC) que realizou um estudo recente sobre o BTC e acredita que o ativo poderá chegar a 100 mil dólares já em 2021. “Eu não posso garantir que o Bitcoin vai se valorizar tanto quanto nas vezes anteriores, com multiplicação de 30 ou 85 vezes. Mas o meu estudo indica que uma multiplicação por 5 vezes é perfeitamente possível. Eu diria até que bastante provável já em 2021.” Disse em entrevista ao site MoneyTimes.

Antônio Neto Ais também acredita na valorização constante do bitcoin, mas faz projeções mais conservadoras pro criptoativo em 2021, segundo ele o BTC deve chegar a casa dos 26 mil dólares em 2021.

Independente das projeções para o próximo ano, é possível notar o quanto o bitcoin vem se fortalecendo e trazendo junto a ele confirmação da potencia do mercado de criptoativos, segundo uma pesquisa feita pela Blue Benx, fintech especializada em ativos digitais, 29,5% dos investidores procuram o mercado de criptomoedas para diversificar suas carteiras, enquanto outros 68% entram no segmento para conquistar melhores rentabilidades.

A crescente deste mercado se confirma com o volume de moedas digitais disponíveis para operação, são mais de 7 mil ativos que movimentam um capital enorme diariamente, sendo fonte de novos investimentos e rentabilidade para quem possui informação e confia no potencial dos criptoativos.



Deixe seu Comentário


Ana Cristina - 23/01/2021 13h09
Boa Tarde Claudinei e Equipe , sou de Recife PE e faço parte do grupo A força do Amor e Bem Simples 😍 Amo Roupa Nova ♥️ estou aqui ligadinha neste programa Maravilhoso , gostaria de pedir pra vc fazer um com RN e Roberto Carlos ♥️ Obrigada 😊😘